Novos projetos assinados pela Sebigas na França

A construção da Bioquercy, a primeira usina da Sebigas na França, adquirida nos últimos meses do ano passado, já começou. O cliente é a Fonroche Energie, um dos principais players e investidores do mercado francês de renováveis.

A usina de biogás, localizada no coração da região Midi-Pyrénées, no departamento do Lot, tratará os descartes dos criadores e abatedouros do entorno, em particular esterco bovino, esterco de pato, sangue, resíduos de abate. Toda a biomassa de alimentação será pasteurizada (mantendo o processo a 70 ° C por uma hora) antes de entrar no digestor onde ocorrerá a fermentação.

O biogás produzido é enviado a um cogerador para a produção de energia elétrica (1,8 MWe instalada) e energia térmica. A energia térmica é utilizada em sua totalidade, tanto para as necessidades térmicas da própria usina de biogás (pasteurização e manutenção da temperatura de processo nos biodigestores), quanto para as necessidades da criação, através do aquecimento da água para limpeza de estabulo e outros usos internos.

A Digestão Aneróbia tem sido considerada como uma das melhores alternativas para a recuperação de nutrientes e energia a partir de resíduos sólidos orgânicos com alto teor de proteína e gordura, como é o caso dos resíduos de frigoríficos utilizados na usina Bioquercy. Na DA, os resíduos orgânicos são convertidos em biogás, principalmente metano, e um digestado rico em nutrientes através de uma série de processos bioquímicos. O metano produzido pode ser utilizado para produção de energia enquanto o digestado rico em nutrientes pode ser empregado como fertilizante no solo. Este método de tratamento alternativo é uma opção eficaz, combinando recuperação de energia e de materiais, permitindo a possibilidade de uma indústria autossuficiente em energia, ao mesmo tempo em que incorpora um sistema holístico de tratamento de resíduos.

Bioquercy é um exemplo de sucesso de como o desperdício pode se transformar em uma fonte primária de energia limpa. No Brasil, a Sebigas-Cótica vem trabalhando com projetos similares e que trazem benefícios ambientais e econômicos para seus clientes.